Plano Varoufakis – onde a realidade e a ficção se encontram

Ora bem, esta noticia já devia ter sido explanada ontem mas tal não aconteceu por falta de oportunidade. Ainda assim e tratando-se de um momento tão sensível da Economia grega sem esquecer o impacto na Economia Internacional, aqui fica um apontamento a este respeito visto que o texto que lhe serve de base já é bastante elucidativo.

A saber: Varoufakis – Ministro das Finanças grego, o Ministro Burberry como acho que merece ser tratado – assume a pasta com o inflamado discurso do “não pagamos, só damos”. Fruto de inexperiência governativa, do facto de ser um ideólogo de esquerda ou simplesmente um lunático, embora reconhecido como “homem bastante inteligente”, optou e bem por pôr os seus neurónios ao serviço do País e não do Partido o que, por sorte (ou por falta de dinheiro) não tardiamente, acabou por ser o mais acertado.

No Programa de governo do Szyriza podíamos assistir ao lado humanitário do “vamos oferecer casa e pagar as contas a toda a gente”. Não era preciso ser grego para gostar de ouvir uma coisa destas, todos nós gostávamos de ver as nossas contas pagas como que por milagre sem nada termos que fazer por isso que não fosse “por a cruz no quadrado certo”.

Hoje, bem vistas as coisas e pesadas as consequência de semelhante discurso impensado e irresponsável, chegamos à conclusão que a realidade é dura: quando não sabemos governar e levamos um País à falência – já tive oportunidade de no Blog publicar um artigo que explica o porquê das bancarrotas (sim, nisso somos siameses) gregas – temos que pedir dinheiro emprestado. Chamemos-lhes “instituições internacionais”, “troika”, “usurários” ou o que lhes quisermos chamar, são organismos supranacionais que emprestam dinheiro a juros altos não porque são usurários (também não são altruístas senão davam-no simplesmente) mas como forma de punir o País pela má-gestão e por forma a que aprendam que não podem esbanjar o dinheiro dos outros e viver em loucura continuada.

Tendo chegado a este ponto e sabendo que o seu discurso de “engana-tolos” não enganava nem Bruxelas nem os credores da Economia grega que já lá andam a injectar dinheiro há uns tempos, toca de puxar pela cabeça e arranjar nomes bonitos “para enganar os gregos” na expectativa de que eles não percebam que é preciso reformar o País, os hábitos e as mentalidades. Não podemos “viver à grande” sem pagar o que devemos e principalmente quando não produzimos para isso.

Assim sendo, Varoufakis e o Szyriza tiveram que fazer o que era certo e racional: meter a ideologia na gaveta, assumir as suas responsabilidades governativas e elaborar um plano de Reformas com austeridade por forma a colocar a economia grega novamente “nos trilhos”.

O que é que os gregos vão achar disto? Afinal vão ter que continuar a trabalhar – coitadinhos..isso não se faz a ninguém – vão ter que continuar a pagar impostos – calunia!!! – e vão ter que sofrer penalizações nos salários e nas pensões – roubo! Ouve-se gritar do cimo do Monte Olimpo -.Tão ou mais importante que isto: o que é que as restantes extremas europeias vão achar desta demonstração de incompetência da extrema-esquerda grega? Como é que vão conseguir aceitar, o que se espera que seja, uma derrota humilhante nas próximas eleições nos respectivos países? E logo eles que já cantavam vitoria e entoavam “Je suis Szyria”?

Aprendam enquanto é tempo: é preciso repensar o paradigma europeu mas não à custa de extremismos, radicalismos ou nacionalismos. Far-se-à à custa de esforço, trabalho, contenção, consciencialização. Esta é a formula magica meus senhores: não gastarmos mais do que temos e produzirmos o máximo possível.

Não há almoços grátis! Espero que tenham aprendido a lição de uma vez!

http://observador.pt/2015/02/24/do-programa-a-lista-varoufakis-ate-onde-recuou-tsipras/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s