É de louvar quem tem coragem de denunciar.

Não raras vezes tenho afirmado que a informação é manipulada. Não raras vezes procuro ouvir os próprios para ter a certeza daquilo que é dito e não são muitas as fontes em que confio.

Amber Lyon, jornalista de investigação, fotografa e produtora de filmes, é também vencedora de 3 prémios Emmy. Não será portanto uma fala-barato à procura de protagonismo. Foi jornalista da CNN e é nesse âmbito que surge esta denuncia.

Amber vai com a sua equipa para o Bahrain fazer uma reportagem de investigação que a cadeia nunca põe no ar. Ao aperceber-se, a jornalista tenta encontrar uma resposta e tudo o que lhe dizem é: “tens que procurar tu as respostas”. Vicio de profissão ou não, ela assim faz e descobre que o Governo do Bahrain pagava avultadas quantias para que a CNN passasse uma imagem diferente do País. Uma imagem de paz e de desenvolvimento que segundo o documentário de Amber, em nada corresponde à verdade. Para além de todas as questões éticas, na peça é também possível ver as preocupações dela para com as pessoas que a ajudaram a fazer o documentário e que agora eram perseguidas e vitimas de violência.

Todos sabemos que os Estados Unidos possuem uma fantástica máquina de propaganda. Todos sabemos que foi assim que conseguiram entrar em guerra com o Iraque e com o Kuwait. Eu pelo menos não tenho dúvidas. Mas que Nações como o Bahrain ou a Geórgia também o façam, isso preocupa-me.

Todos nós sabemos, ou devíamos, que a Fox News está ao serviço do Tea Party – um dia destes dedico-lhes um artigo – mas que a CNN e a CNNI estejam no “payroll” de Nações soberanas, isso não é grave, é gravíssimo.

Espero que nada aconteça a Amber (cujo trabalho vou começar agora a seguir) e que ela continue a ter força e coragem para denunciar estas situações mas fica o alerta: isto não acontece só aos outros. Acontece por cá também e um caso que me ficará para sempre na memória aconteceu numa entrevista que ainda não deve ter um ano, feita a Medina Carreira em que tudo o que o Senhor disse foi manipulado pelo Noticias ao Minuto. Só quem teve oportunidade de ouvir a entrevista teve percepção da gravidade daquele caso. Acho que só não se repete porque o português pode ser lento a atingir as coisas mas é rápido a reagir e a página de Facebook do jornal foi de tal forma invadida com criticas que acho que tão cedo não se atrevem a repetir a proeza.

Mais uma vez digo, eu não tenho cisma nenhuma com os jornalistas ou os media. Apenas acho que a grande maioria dos portugueses não presta um bom serviço, apenas cumpre a sua própria agenda. Uma Nação culta é uma Nação bem informada e portanto aqui vos deixo esta entrevista para que analisem e tirem as vossas conclusões.

Tal como nem tudo o que reluz é ouro, também nem tudo o que vem nas noticias é verdade.

Fica o aviso!

Lin para a noticia que serve de base a esta análise e cuja entrevista espero que ouçam:

http://m.pijamasurf.com/2015/03/periodista-de-cnn-revela-como-los-gobiernos-pagan-a-los-medios-para-que-falsifiquen-noticias/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s