É preciso mudar o paradigma

Deparei-me com esta aplicação e achei-a suficientemente importante para partilhar com vocês.

Aproveito para alertar os leitores para o seguinte, ao circularem neste “Ecossistema politico-empresarial” vão aperceber-se, ou ter a confirmação que os há de todos os quadrantes políticos. Isto levanta uma questão que considero importante:

Deve a Politica estar barrada a determinadas profissões como advogados, gestores e economistas?

Vivemos num País democratizado – perante estes exemplos não o posso considerar Democrático – e coabitamos com muitos vícios do Regime na forma como as oligarquias se defendem e se protegem, na forma como mantêm os ditos “interesses instalados”.

Eu pergunto: profissionalizar a actividade politica munindo-a de um Código Deontológico e Ético e de um Manual de Regulamentos e Boas-Práticas será suficiente?

É um bocado absurdo mas mais absurdo é ver figuras como Vítor Constâncio mentir em plena televisão ao País, para dar força à candidatura de D. Pinócrates, à cerca do real valor do déficit e depois vê-lo a ser VP´s do BCE ou António Guterres que depois da forma desastrosa como desgovernou o País e depois de ganhar o título honorário de 1º coveiro da 3ª bancarrota é convidado para o CNUD e anda a passear pelo Mundo a visitar refugiados…a sério?! Não há mais onde gastar dinheiro? E se em vez de o porem a passear num sítio onde não chateia nem diz asneiras usassem esse dinheiro para fazerem casas para essas pessoas que não têm culpa do sítio onde nascem ou sequer das prioridades económicas do resto do Mundo?!.

Então destroem o País, demonstram uma incompetência insana e depois são convidados para cargos de destaque? Mas só cá dentro é que são incompetentes?

Eu quero acreditar que até nos governos PS, sim porque nos do PPD/PSD eu sei , há gente profissional e competente. Mas se assim é, porque é que depois de saírem dos governos de que fizeram parte vão acabar nos grandes grupos económicos portugueses nomeadamente nos que têm ligações ao Estado ou então na banca? Se auferem de “subsidio de reinserção” ou lá como se chama, porque não aproveitam o dinheiro para voltarem à actividade que desenvolviam antes no Privado?

É claro que tal como num bom sistema oligarca, o que se pretende é ter os peões do mesmo lado do xadrez para assim evitar fugas. Se estiverem todos no “payroll” dos grandes grupos torna-se mais fácil manobrar o Estado, os Governos, a Legislação e os Mercados. Mas eu a isso chamo Máfia….ou quanto muito e sendo mais republicana ou confederada, posso chamar-lhes lobbies.

Meus caros, Portugal não é os EUA. Nós não somos uma Confederação de Estados Federados. Nós não somos um País produtor de armamento ou outros. Nós somos um País de pequenas dimensões territoriais, somos um País que tem aproximadamente 9 milhões de habitantes no território mais os emigrados, somos um País membro da União Europeia que negoceia numa moeda única.

Temos portanto três hipóteses (ena!!! Tantas!!!)

a) Profissionalizamos a actividade politica;

b) Limitamos a contratação de governantes/ex-governantes a menos que após análise curricular se prove para além de qualquer dúvida que aquela é a pessoa mais indicada para o cargo e se fiscaliza a sua actuação no âmbito do mesmo;

c)Admitimos que há lobbies, identificá-mo-los, regulamos e trabalhamos directamente com eles tentando conciliar as práticas de mercado livre e globalizado com as práticas comuns num sistema oligarca deixando-nos de cinismos.

Como está, de facto não pode continuar mas deixo-vos a aplicação para que se divirtam a “caçar os peixinhos”.

Bom jogo!

http://pmcruz.com/eco/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s